Procedimentos

Mentoplastia

O que é a Mentoplastia?

Mentoplastia é a cirurgia para a correção das deformidades do mento (queixo).
Objetiva alcançar um queixo dentro dos padrões de normais de beleza, isto é, reduzir quem tem queixo grande, aumentar que tem queixo pequeno e corrigir quem tem queixo torto.

Para quem está indicada a Mentoplastia?

O mento, assim como o nariz, é parte fundamental na formação do perfil da face, sendo muito importante na estética do rosto. As principais indicações são:

  • Macrogenia – queixo grande;
  • Microgenia – queixo pequeno;
  • Assimetrias – queixo torto;
  • Ronco e Apnéia do Sono.

Como é realizada a cirurgia?

A Mentoplastia mais comum é aquela que objetiva corrigir o retroposicionamento do mento, isto é, aumentar o queixo. Isto pode ser alcançado através da colocação de uma prótese de material sintético (silicone, por exemplo). Uma outra opção é a osteotomia de avanço, que é um procedimento realizado com um micro-motor para serrar o mento e depois avançá-lo e fixá-lo na posição adequada com placas e parafusos.
A Mentoplastia de redução e de correção de assimetrias deve ser sempre realizada através de osteotomias, às vezes com a retirada de uma porção de osso para deixar o perfil do paciente mais adequado.
Em geral, ambos procedimentos duram cerca de 30 minutos, são realizados com uma incisão por dentro da boca, sem cortes externos.

Quais são os possíveis riscos e complicações?

Equimoses (manchas roxas na pele), edema (inchaço), pequenos hematomas podem ocorrer. Quando se utiliza uma prótese, há o risco de infecção e rejeição, mas felizmente é raro. Dormência no lábio inferior é comum nos primeiros dias.

Quais são os cuidados no pós-operatório?

Recomenda-se que, para controle do edema, o paciente deve evitar conversar demasiadamente ou comer alimentos mais duros nos 7 primeiros dias da cirurgia. Os pontos são retirados com 10 a 15 dias. O retorno as atividades físicas ocorre após 30 dias do procedimento.

Palavras do Dr. Lucas sobre sua filosofia para a Mentoplastia.

O Mento é, junto com o Nariz, um dos principais fatores responsáveis pela beleza do perfil facial. Além disso, o queixo tem uma parte muito importante no aspecto psicossocial do paciente. Pacientes com deformidades do queixo costumam fugir de fotos, principalmente de perfil.
Pessoas que tem o queixo pequeno têm tendência a serem mais introspectivas, reservadas e com dificuldade para se impor na escola, trabalho, família. Pessoas com o queixo grande têm tendência a serem consideradas mais agressivas e bravas e por isso podem ser rotuladas como pessoas de difícil convivência.
A Mentoplastia atua, portanto, não só na harmonia estética do paciente, mas também neste lado psicológico. A adaptação à nova face demora cerca de 3 meses. Em geral, após este período, os pacientes que trocam seu queixo antigo pelo novo que gostariam de ter, passam a ser também novas pessoas. E isso é a beleza da Cirurgia Plástica da Face.